O Passo Vazio

  • 12
Sozinhos são passos vazios,
Distantes, distintos,
Aqueles que procuram por seus instintos,
Mas não... Não passam de passos vazios.

Solitários, é a solução,
A busca em mim, que insiste em governar,
É a situação.

Acaba contigo,
Comigo...
É um passo desprovido...
Inexistente e sem razão.

Um Lugar Que Não Existe

  • 5
Aqui é um lugar que não existe
E que se existisse, ninguém deveria vir.
É um lugar tão pacato e perturbado,
Onde o maior contato é o silêncio
Que me escuta não se de onde,
E os pássaros que refazem seu canto,
Desaprenderam a voar.

E quando eu quis navegar,
Já não sabia o que falar,
Calei,
De súbito susto do nada,
Morri.

Que Menina mais Bonita

  • 4
Eu queria te dar um presente,
Sei que lá do céu
A senhora recebe tudo o que te dou,
E segura a minha mão quando vou deitar,
E quando peço a bênção, eu te escuto.

E agora, está do meu lado.

Eu queria te abraçar forte,
Sei que agora está me abraçando,
Se a Senhora soubesse a falta que me faz...

Um dia te prometi que teria orgulho de mim,
Mas eu sei que sempre teve.
Eu queria te tocar, nem que fosse mais uma vez,
Eu queria um momento pleno.

E agora, está do meu lado.

A beleza do seu espírito sempre será meu porto,

Eu sei que está bem aqui,
Aqui do meu lado.

E não importa quanto tempo.
Vamos olhar as estrelas,
Vamos está sobre as estrelas.

Que menina mais bonita,
Que menina mais bonita.

Feliz dia das Mães.

In Glória

  • 6
Autoria: Keidy L. Jones e Germana Lima

Não diga que não amei, pois aquilo que te reservei,
é o tudo que de mim se apodera;
Não diga que não mais te verei,
pois tua lembrança em minha retina impera
Em meus sentidos
Aflitos
Que desatinam,
E afirmam que te possuo
E tantas vezes quanto eu queira, te asseguro,
Estás em mim
E não me peças para calar agora,
Minha alma está corrompida.
E Implora,
O sossego perdido,
o equilíbrio partido
e a novidade de outras horas...
A morte me veio de dentro.
No exato momento
em que coloquei meus sentidos
Em tua mesa posta,
Não pude nada falar de animador,
Minha boca só pode provar o dissabor.
E o que outrora era alimento,
Agora me apavora:
- A tua inglória arte de partir.

A Procura Clandestina

  • 2
Enxergo lentamente o coração
No fundo dos teus olhos que imploram perdão,
Ressalto minha embriaguez,
E caio novamente em tentação.
Desço minha mão que acaricia,
Impede-me de dormir por vários dias.

O barco afundou, com ele fui
Arrastado pela fúria da não sensação
Minha alma se alardeou em pensamentos,
A procura clandestina se perdeu.

Nada há em mim
Somos apenas uma declaração acabada,
Levada pelo vento,
Somos a incerteza de um momento futurista,
O trago profundo do agora insensato,
Talvez seja mesmo nosso último ato:
- O desejo profundo de enterrar a razão.
Ou não.

Entendimento

  • 5
Minhas mãos foram jogadas ao alto
Não percebi minha angústia até você chegar.
Meu caminho cambaleante não pára de soluçar
E de meus olhos caem lágrimas acostumadas a por ti chorar.
E elas caem atrasadas, pois por pouco tempo,
Pensaram em descansar.

Entendo não ter mais solução,
Até que um súbito de esperança me ocorre,
As coisas acontecem e para ti me guardo,
Por ti confesso meus pecados, perdão.
E quanto mais respiro, mais choro.
E quando não tenho nada para fazer,
Eu percebo que já estou pensando em você.
E de nada mais sei.
Saiba que eu sempre te amarei.

Ao Amor da minha Vida (2° parte)

  • 3
Não dá pra ser feliz, longe do meu grande amor...
Eu, nesse mundinho de Deus
Sempre às voltas pensando em você
Pra lhe fazer uma serenata só _Rita Lee


Eu não queria correr o risco de te perder, mas é preciso,
Não imagino outro futuro para mim que não seja com você (é meu instinto)
É porque simplesmente, não consigo imaginar,
E essa certeza me fez parar de tentar.

Como eu queria te olhar e ser olhada de forma diferente,
Como eu queria escutar suave,
Tudo o que já planejo gritar,
Eu não vou cansar de te esperar.
E seja como for, eu não sei o que é isso,
Mas eu sei, tenho certeza que é eterno,
Porque quando eu digo ‘eu te amo’,
É porque eu sinto que te amo.

E não há nada mais forte que o sentir,
E, não importa quantos beijos irei provar,
Sei que nenhum deles será,
Melhor que o teu, maior que o teu...

Será mais forte que eu.

Lado a Lado

  • 3
Para que chamar minha atenção?
Hoje é reconhecido mundialmente
O dia em que meus traços apagaram minha mente.
E eu não vi graça em tal desorientação.

Hoje cachorros de raça invadiram minha casa,
Latiram tanto, até que as pessoas escutassem,
E na hora da chamada tudo havia se passado.
Eu e a tristeza, caminhávamos lado a lado.